terça-feira, junho 20, 2017

O fogo e o luto

O fogo que assolou o centro de Portugal no passado dia 18 continua a não dar tréguas! Lamento profundamente a perda de tantas vidas. Famílias inteiras que  precocemente foram ceifadas pelas labaredas traiçoeiras e todos os outros, a maioria ainda bastante jovem, deixaram um rasto de tristeza que a todos chocou. Famílias sem casa, sem bens e o fogo a não ceder  aos esforços que os Bombeiros (um infelizmente também faleceu em consequência do fogo) e todos os outros meios têm desenvolvido no sentido de minorar as consequências de tão grave desastre que deixou o País de luto e, mesmo no estrangeiro, não deixou ninguém indiferente.
Para os que faleceram que descansem na paz do Senhor e para as suas famílias e conterrâneos que tenham a força e coragem necessárias para prosseguir.
O meu abraço sentido a todos.
Era assim que no sábado à noite (dia 17) estava o céu  na direcção nascente no local onde moro , próximo de Sintra. O ar estava quente e muitíssimo abafado. Houve várias trovoadas secas, que segundo se pensa estarão na origem do sinistro.




A luta continua. Hoje 27 aldeias foram evacuadas em Góis, distrito de Coimbra, onde  a situação é muito preocupante.

Abraços.
Ailime

Fotos: Ailime

10 comentários:

  1. Ainda não resolvido esse problema: Que pena e o fogo quando chega vem pra consumir mesmo! Credo! Pena e todos acompanhamos com pesar! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente ainda não terminado!!!
    Esses olhares lembram África!!!
    Bj e associo_me ao seu pesar!

    ResponderEliminar
  4. Ótima postagem gostei muito, ganhou um fã abraços.

    Me segue, que eu sigo de volta!

    http://nintudo.blogspot.com.br/

    https://plus.google.com/+NinTudo/

    ResponderEliminar
  5. Olá Ailime tal como a Ailime ando sempre à procura de fotos ao Céu e na sexta estava a tirar fotos ao céu +ara partilhar com a Chica e vi um relâmpago enorme não o registei por muito pouco esperei pelo som do trovão e não houve som.Estamos todos de luto, beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Querida amiga ,infelizmente um tormento que não cessa ,um flagelo que consome este nosso Portugal ,uma tragédia angustiante que devastou tantos inocentes ,um pesar profundo ,que Deus nos ilumine a todos ,beijinhos querida amiga

    ResponderEliminar
  7. Aqui todos tristes e em oração para tantas vidas perdidas, que coisa séria.
    Vai passar , mas nunca se apagará da mente.

    Deus se apiede de todos!

    ResponderEliminar
  8. Oi Ailime
    Os meus sinceros sentimentos de pesar e consternação por tatas vidas que se perderam nesta tragédia de dimensões incalculáveis
    Que a esperança germine no coração daqueles que estão a sofrer
    Deus se compadeça de todo o povo do seu país
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Uma situação absolutamente inimaginável, tanta gente, ter morrido num local... que supostamente deveria ter sido o seu meio de fuga...
    Muita coisa, tem de mudar, neste país! Os serviços florestais foram desmantelados... está aí o resultado!... O balanço mais trágico de sempre!
    As imagens, estão um espanto... mas a primeira está poderosa... e não poderia retratar melhor o teor do post...
    Beijinhos! Bom domingo!
    Ana

    ResponderEliminar
  10. Pois é Ailime, um fogo que calou o mundo num acidente que vaid eixar marcas na vida humana, como na natureza. Que cada familia enlutada encontre forças para superar cada dia.
    Muito triste Ailime o que vimos pelas reportagens.
    Bjs

    ResponderEliminar

Caminho por aí, quer chova, quer faça sol! Até quando não sei!
Só sei que quero caminhar e contra ventos e marés nada me impedirá de construir os meus castelos!Ailime