quinta-feira, junho 25, 2015

Botando a cabeça para funcionar nº 13

Hoje é dia do Projecto "Botando a cabeça para funcionar" que a Chica nos propõe nos  dias 5, 15 e 25 de cada mês no seu Blogue Chica Brinca de Poesia , em parceria com seu netinho Neno.


O que me passa a imagem?

Apesar do silêncio
apesar da leveza
a minha haste é sólida.

Minha velhice é aparente.

Não é uma simples aragem
que me vai paralisar
ou vencer nas minhas fragilidades.

Vou continuar de pé como as árvores!
 Ailime (25.06.215)

Esta a minha participação!
Visitem o Blogue "Chica brinca de poesia?" e participem também.

*****************
Desejo a todos continuação de boa quinta feira e um excelente fim de semana.
Abraços.

13 comentários:

  1. Lindo e animador, Ailime! não é qualquer ventinho que nos derruBA,,,aDOREI! oBRIGADÃO! lEVEI O LINK! BJS, CHICA

    ResponderEliminar
  2. Muito bonita sua inspiração, Ailime! Amei!!
    Poética e otimista!!..
    O meu carinho e abraço...

    ResponderEliminar
  3. Ailime, que coisa mais linda! Ideia genial sua comparação! Eu amei! Abraço quentinho para um frio danado!

    ResponderEliminar
  4. Ailime, muito legal o seu olhar sobre a imagem. Nos trouxe a força do caule, apesar da aparente fragilidade da for. Intenso!!!!! bjs

    ResponderEliminar
  5. Magistral sua inspiração Ailime, descortinou um belíssimo olhar sobre abela e fragil flor.

    Adorei este espaço!,
    Bjs!

    ResponderEliminar
  6. Olá, querida amiga Ailime
    Uma leveza de palavras entranhandos no poema...
    Também quero permanecer de pé, se Deus conceder-me a graça...
    Bjm fraterno

    ResponderEliminar
  7. Oi Querida Ailime
    A aparente fragilidade da flor é ilusória pois o caule robusto lá está firme como uma rocha à espera da próxima florada. Linda leitura poética. Parabéns
    Beijos amiga

    ResponderEliminar
  8. Oi Ailime!
    Suas palavras ecoam na preciosidade do tempo.Forte e frágil, num processo natural.Gostei muito.
    Abraço e até mais!

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Bela inspiração o seu olhar capturou sobre imagem! Adorei!
    Beijos
    Amara

    ResponderEliminar
  11. Bom dia Ailime!
    Linda sua interpretação da imagem,me vi em suas palavras,minha velhice tbm ´é aparente...
    Bjsss e bom final de semana.

    ResponderEliminar
  12. Oi Ailime
    gostei demais de seu lindo poema
    é como se eu própria também o dissesse
    vou continuar de pé como as árvores!

    bj
    bom domingo

    ResponderEliminar
  13. Um show Ailime.
    Ainda que perca meus cabelos a vida em mim permanece para que outros nasçam.
    Amei sua viagem nesta imagem inspiração acelerada.
    Aplausos.
    Bjs

    ResponderEliminar

Caminho por aí, quer chova, quer faça sol! Até quando não sei!
Só sei que quero caminhar e contra ventos e marés nada me impedirá de construir os meus castelos!Ailime