terça-feira, agosto 26, 2014

Semana Colorida

O tema que a Anne nos propõe para a Semana Colorida é SAPOS


O que falar sobre sapos? São animais (anfíbios)  que contribuem para o equilíbrio da natureza! Sem eles ficaríamos sujeitos  a numerosas pragas!

Devo confessar que os anfíbios me causam alguns arrepios; no entanto o que não gosto mesmo é de "engolir sapos", apesar de muitas vezes me terem ajudado a conhecer melhor quem os "expeliu" ,tentando compreender também os motivos, apesar de pensar que com educação é que se resolvem as situações!


Pesquisei na Net a origem desta expressão e compartilho:
A origem da expressão popular “engolir sapos” deu-se por um dos fatos escritos na Bíblia: As pragas do Egito. Uma das pragas constituía da invasão de milhares de rãs, por todo o território egípcio. Durante a preparação e ingestão de alimentos, lá estavam os anfíbios. Os animais não apenas invadiam os ambientes – cozinhas, quartos, banheiros -, como também os pratos dos habitantes do reino. Daí a expressão: “Engolir sapos”, ou seja, suportar situações desagradáveis sem qualquer manifestação.


 Esta é a minha participação!Não deixem de visitar a Anne e ver aqui o que os outros amigos disseram sobre os sapos!Continuação de uma  boa semana muito alegre e colorida!Abraços, Ailime

10 comentários:

  1. Linda tua participação e bem explicada a expressão tantas vezes usada! Gostei! E acertaste .É a Anete... Já está lá arrumadinho, pronto.Vamos ver se ela chega lá,rs bjs,chica e quem será amanhã?rs

    ResponderEliminar
  2. Que interessante participação, Ailime
    Gostei demais!
    Tenha uma semana repleta de alegrias, viu?
    Beijinhos mil de
    Verena e Bichinhos

    ResponderEliminar
  3. Ailime,que divertida essa imagem do sapo na colher! Muito interessante a origem do termo engolir sapos. Já tinha ouvido falar,mas sua narrativa me esclareceu mais. Obrigada pela linda participação! bjs e boa semana,

    ResponderEliminar
  4. Nossa, mas é muito legal essa do faraó teimoso com Moisés, acaba engolindo sapos! Bacana, Ailime! Adorei! Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  5. E não é que o fato da antiguidade sobreviveu e continua atual...haja paciência pra suportarmos tantos sapos.
    Gostei de saber mais esta curiosidade por aqui, Ailime.
    Bjos,
    Calu

    ResponderEliminar
  6. Oi Ailime! Engolir sapos realmente faz com que conheçamos o outro como ele é. E assim serve de crescimento para nós. Beijo e linda semana! Renata

    ResponderEliminar
  7. Muito interessante este histórico da expressão tão proclamada por aqui.
    Confesso minha ojeriza por eles, mas sei de suas importâncias.
    Meu carinhoso abraço amiga.

    ResponderEliminar
  8. Gostei demais, Ailime!
    Esse negócio de engolir sapos é muito chato... Mas sempre aprendemos com os sapos do caminho... Rsss...

    Beijos e uma boa tarde por aí...

    ResponderEliminar
  9. Olá Ailime :-)
    Interessante a origem da expressão. já me tinha lembrado que tinha a ver com suportar algo desagradável, mas nunca fui procurar saber do seu significado. Ficou mesmo boa a sua participação, sobretudo porque neste Verão até têm aparecido alguns sapos, culpa do tempo pois acho que advinham chuva ou tempo mais fresco. Eu quando encontro um até gosto, porque desde criança costumava vê-los nas noites de verão, já de "engolir sapos" não gosto nada!
    Beijinhos**
    Até breve.

    ResponderEliminar
  10. Não sabia a origem doa expressão! Bela participação Ailime, uma linda sexta-feira!
    Beijos
    Amara

    ResponderEliminar

Caminho por aí, quer chova, quer faça sol! Até quando não sei!
Só sei que quero caminhar e contra ventos e marés nada me impedirá de construir os meus castelos!Ailime